Centro Ecológico Restinga da Marambaia

Resumo
Núcleo Ecológico de exposição, informação e centro de referência histórica e geográfica, sobre a região (mangue/restinga/mata atlântica)
Descrição

A Restinga da Marambaia já foi palco de acontecimentos históricos, geológicos e biológicos, sendo nos dias de hoje, um ambiente impar, pois trata-se do último mangue e restinga pertencente ao município do Rio de Janeiro, que se mostra preservado da especulação imobiliária e com reduzida poluição, mantendo em suas reservas: testemunhos da pré-história nos diversos sambaquis e na formação geológica da restinga; fauna e flora das mais ricas com algumas espécies endêmicas e outras ameaçadas de extinção; Na história recente: a presença dos jesuítas, a era do café, o desembarque de escravos, o provável desembarque de franceses, a inauguração do Campo de Provas da Marambaia na década de 40 e o início dos testes bélicos, Burle Marx, etc...
Com o intuíto de disponibilizar essas informações de maneira ordenada, evitando a degradação do sistema e sem interferir nas atividades militares, propomos a criação de um Museu e um Centro Ecológico, onde serão expostas fotos, exibição de vídeos, visitas guiadas turísticas e educativas aos diversos ambientes, de barco, caminhando, ou com veículos, para escurções mais distantes. Todas áreas que circundarão a sede que poderia ser inicialmente, nas instalações da antiga ponte ou do Clube dos Marambaias desativado (primeiro plano da foto) .

Temas

Por um Rio+ ...